Maternidade, Minha Dica

Desmame

Oi, pessoal! Hoje quero dividir com vocês um pouco do que venho passando e estudando: o desmame da minha filha.

Bom, o desmame nada mais é do que o processo pelo qual o bebezinho deixa de se alimentar através do aleitamento materno, considerando que nessa fase ele já receba todos os nutrientes de que precise para o seu desenvolvimento, através de outras fontes. Nossa, sabe tudo aquilo que passamos no início quando nossos bebês nasceram e tivemos que encarar a dificuldade da amamentação? O desmame é tão complexo quanto! Aliás, para quem ainda não leu, já fiz um post sobre como foi para mim o início da amamentação. Não foi nada fácil! Mas consegui superar e vencer!

Só que hoje, considerando o desenvolvimento e as próprias reações e sinais da minha filha (acho isso de suma importância), resolvi optar pelo desmame gradual. Pra mim não existe uma data fixa e pré-determinada para o desmame, embora alguns especialistas indiquem essa ou aquela idade. Pra mim quem deve mostrar isso é a própria criança! Ela deve mostrar que o seu momento chegou e você julgar. Já há algumas semanas percebi que a Isabella na primeira mamada do dia não tinha mais muita paciência e não estava mamando como antes. Queria levantar-se mais rápido, descer do colo para brincar, andar, pegar seus brinquedos… enfim, descobrir o mundo! Aquele momento da amamentação já não era mais tanto o seu foco. Por algumas semanas insisti, mas sua reação sempre foi a mesma. Foi aí que comecei a perceber que a minha bebezinha estava crescendo… não foi fácil para mim! No entanto, para ela está sendo muito natural e tranquilo, sem qualquer trauma ou drama! Pensei que ela fosse rejeitar a mamadeira… que nada! Tomou seu leitinho numa boa e feliz da vida! O que deixa meu coração, não menos doído, mas em paz e, de certa forma, feliz, afinal é a primeira decisão da vidinha dela, mesmo que seja por instinto.

 

Ver que seu bebê está crescendo é algo surpreendente, porém, coração de mãe é mais sentimental… dói mais vezes e por razões que nem sabemos explicar direito. Queria muito que meu coração tivesse um botãozinho “liga/desliga” para todos os sentimentos que tenho vivido desde o nascimento da Isabella. Seria tudo tão mais fácil… A amamentação foi para mim algo da maternidade que sempre foi muito intenso. Desde o início!! Sofri muito no início e a superação se transformou em aprendizado, em sentimento, em doação, em amor!! Então, agora com o desmame muitos sentimentos vem à tona novamente… Coisas que só nós mães saberemos entender e explicar, se é que há alguma explicação! Quanto sentimento! No primeiro dia de tentativa as lágrimas rolaram!! Um rio de lágrimas, digamos assim. Um misto de sentimentos e emoções…  Até para escrever aqui e agora meus olhos estão transbordando.

Nossa, como ser mãe é intenso, gente!!! Vocês já pararam para pensar nisso! Mas é assim… faz parte! Enxugar as lágrimas é o mais fácil agora… rs. Os sentimento aos poucos vamos dosando e aprendendo a lidar. Eles crescem!!! Acho que nunca tinha parado pra realmente pensar e sentir isso… essa é a verdade! Mas, olha, uma coisa muito importante que coloquei dentro de mim é que nunca devemos pensar que o desmame seja o fim da intimidade estabelecida entre nós e nossos bebês. Ao contrário! A amamentação foi o início do laço e o desmame é um progresso natural do ser humano. O vínculo que criamos através da amamentação durará uma vida inteira e isso só depende de nós! Doar amor, carinho, atenção, vida… isso é a continuação! Contar histórias, cantar junto com a criança, sentar ao lado e brincar como se não existisse outra coisa mais importante do que isso naquele momento, abraçá-la, dizer o quanto a ama, alimentá-la… tudo isso cria laço… vínculo eterno! É você se doando novamente! É a continuação do seu papel como mãe! Não será o desmame a prejudicar qualquer vínculo… mas cada mãe será a responsável por cuidar do laço que desejar criar com seu filho. Tudo dependerá de você! Desejo um bom rito de passagem a todas as mamães que como eu estão crescendo e amadurecendo junto com seus bebês.

Um beijo enorme e fiquem com Deus!

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply